Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]



[Janelas com Estórias] | #6

por olharesemomentos, em 04.03.11

 

 

A tua resistência...


A tua resistência faz de ti vitoriosa,

Lutas pela tua presença,

Manténs-te firme e charmosa

Aguentas todas as intempéries e tens recompensa: o teu lugar!

 

O teu espaço está conquistado,

Os olhares são passageiros e poucos reparam,

Mas tu estás aí, aguentas firme…

A tua resistência faz-te vitoriosa!

 

A tua luta será eterna?

 

Aigam

 

[Texto escrito conforme o Acordo Ortográfico]

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 11:06

[Janelas com Estórias] | #5

por olharesemomentos, em 25.02.11

 

 

Paulitada … pumm

 

Às vezes apetece-me fechar a janela!

Não querer saber de nada nem de ninguém…

 

Isto e mais isto,

Agora vai ali,

Não te esqueces de corrigir.

Afinal altera-se para como tinhas sugerido…

 

Às vezes apetece-me fechar a janela!

Não querer saber de nada nem de ninguém…

 

E depois ignoro!

Faço as coisas isolada numa “cápsula”,

Olho em frente e abstraiu-me das sombras palradoras que me importunam.

Mas não basta fingir a surdez,

Tenho sempre de estar preparada para as surpresas que tenho de “remediar”!

 

Às vezes apetece-me fechar a janela!

Não querer saber de nada nem de ninguém…

Bater com as portadas e colocar uma trave para obstruir mesmo!

Ou então usar a mesma trave para…

… pumm… paulitada … pumm: Hospital!

… às vezes apetece-me mesmo!

 

Aigam

 

[Texto escrito conforme o Acordo Ortográfico]

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 12:08

[Janelas com Estórias] | #4

por olharesemomentos, em 18.02.11

 

 

Devaneio

 

Pensei que soubesses onde estavam, mas não!

Insistimos muito, a busca ficara impaciente e et voilà… lá dentro.

Estava penumbra, tivemos de nos ambientar…

Abriu-se uma garrafa,

O calor do vinho e as palavras fizeram-nos deambular por uns tempos.

De repente um rangido!

O nosso silêncio e susto!

Velozmente dois vultos de contornos familiares preenchem o espaço para nos brindar…

A noite vai cessar e os raios solares tomam conta do lugar,

É tempo de partir enigmaticamente e dormir… ou acordar???

 

A M disse hoje à T: hoje sonhei contigo.

T - A sério, o sonho era sobre o quê?

M – Não me recordo de pormenores mas sei que foi assim: “Pensei que soubesses onde estavam, mas (…)”.

Aigam – Não é preciso saber onde está (refiro-me à chave), para sonhar basta pular!

 

Aigam

 

[Texto escrito conforme o Acordo Ortográfico]

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 10:19

[Janelas com Estórias] | #3

por olharesemomentos, em 11.02.11

 

 

Da minha janela eu vejo…

 

Ao olhar para esta janela desenha-se na minha mente possíveis ambientes que possam estar a acontecer no interior. Ali existe vida!

Uma janela cuidada, materiais comedidos, arestas suaves, onde tudo é composto em proporção e a sua brancura é aprazível.

 

Escutem:

- Era uma vez…

- …na primavera, quando abro as portadas, o sol invade o meu quarto e acaricia a colcha de retalhos. Observo os campos verdes, as flores a desabrochar, as aves a construir os ninhos. Nesta altura a luz é clara e existe um perfume no ar.

- … no verão vejo os frutos a pender das árvores, ouço as cantorias e brincadeiras da pequenada até mais tarde. O pôr do sol é pincelado de escarlate e ouro, a aragem é quente e a janela fica entreaberta toda a noite.

- … no outono avisto as folhas secas pelo chão e o fumegar das chaminés, os campos repousam em silêncio, as árvores desprovidas de folhas e a luminosidade é em  tons de cinza e pastel.

-... no inverno o vento agita as árvores despidas, nos campos impera a brancura da geada, o orvalho tem brilho de diamante quando o sol incide. Não abro a janela porque faz frio e chuva mas aproveito a frágil e tépida claridade… e é por isso que aqui estamos juntos no quentinho da lareira a ouvir mais uma história de encantar.

Fim.

Em todas as janelas onde há vida, trato e zelo, diferentes são as cores, os cheiros, a temperatura, os ruídos… perdura em todas as janelas uma sucessão harmoniosa de estações… como nas nossas vidas!

O ciclo das coisas faz-nos despertar para o AMANHÃ, crescer sobre o ONTEM e contar histórias HOJE.

 

Aigam


[Texto escrito conforme o Acordo Ortográfico]

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 10:56

[Janelas com Estórias] | #2

por olharesemomentos, em 04.02.11

 

 

A janela da Carochinha

 

À janela

“ - Quem quer casar com a Carochinha, que é formosa e bonitinha?”

(todos os dias era este ritual e nenhum dos candidatos estava à altura).

 

Os dias foram passando,

A janela era o seu palco!

Airosa e caiada de vermelho ocre atraente

Qualquer ator conseguiria atrair o público… mas não acontecia

O vão passou a envelhecer,

As portadas que teimaram em fechar,

Os vidros que permanecem têm ainda esperança!

O caixilho deteriorado resiste às mutações.

A moldura de pedra maciça persiste e abraça o palco com a máxima rigidez…

 

Não mais houve teatro,

A Carochinha não voltou e desistiu da cena!

O desejado nunca apareceu

A janela não mais se abriu.

 

Aigam

 

[Texto escrito conforme o Acordo Ortográfico]

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 09:42

[Janelas com Estórias] | #1

por olharesemomentos, em 28.01.11

 

Discreta e silenciosa


Discreta e silenciosa,

Verde como a esperança.

 

Esta abertura encontra-se no limite, da fachada,

Junto ao beirado, bem na tangente

A moldura maciça como limite!

 

Uma folha aberta… uma fechada,

O enigma acontece!

Metade do interior a ser revelado,

O interior é o exterior,

O exterior é o céu,

O céu é o limite!

 

Observo o infinito celeste que alberga os sonhos,

Esta janela afirmou-se,

E hoje abraçam-se e concretizam-se sonhos.

 

Aigam

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 15:04

[Janelas com Estórias]

por olharesemomentos, em 28.01.11

 

[Janelas com Estórias], é uma rúbrica que começa hoje no Olhares e Momentos, e decorrerá ao longo de 12 semanas....

Por cada janela, uma estória..

12 Janelas | 12 Estórias

 

Espero que gostem!!

 

Estórias|Aigam

Fotos|Joana Patita


Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 14:53

[também gosto de fotografar janelas]

por olharesemomentos, em 27.01.11

..também gosto de fotografar janelas..e depois desta e esta...a T. disse-me:

- Eu, pessoalmente, acho muito interessante janelas!..e acho que por detrás de cada janela existem vidas, histórias, fugas, calor, frio..... Acho que seria engraçado captar umas quantas e tentar fazer uma leitura/narração do que cada uma "conta"...

Imagina, um desafio para nós as duas!!

  • 12 janelas
  • 12 divagações ou uma estória que as abraça todas
..o que dizes?...

Eu digo que sim!!
Tanto fiquei a pensar nisto..que hoje enquanto andava pela rua, na hora de almoço a fotografar umas coisas importantes para a T....que comecei logo a trabalhar neste assunto das janelas...
Por isso, entretanto...por cada janela minha, uma estória da Aigam.
Combinado!!

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 15:30


Mais sobre mim

foto do autor


Mensagens

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.


Arquivo

  1. 2013
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2012
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2011
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2010
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2009
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D