Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]




:::É como ir a Roma e não ver....a Tori!!:::| dia 2

por olharesemomentos, em 12.10.11

Organização é tudo. Ainda mais quando o tempo é limitadíssimo. Acordar de madrugada. Quinze minutos é o tempo que cada um deve demorar a preparar-se, garantir que isso acontece depende de todos.

“Em Roma sê romano” por isso mesmo o pequeno-almoço incluído na tarifa do Hostel foi num restaurante…Filipino. Restaurante este que, a julgar pela macia cozedura do pão servido, deveria ter um acordo com um qualquer dentista…talvez Filipino.

Termini – Ottaviano de metro. A pé, seguindo milhares de pessoas, passando por dezenas de vendedores de tours cujo principal desafio era acertar na nacionalidade de quem por eles passava só pela aparência, até ao Vaticano. Imponente, não pela grandeza da praça de São Pedro, mas pelo ambiente que paira, pela penumbra muitas vezes disfarçada (muito mais que em Fátima) das emoções. Por certo influenciada pelo tamanho das filas de espera, pela afluência exorbitante de turistas, principalmente orientais e brasileiros quase todos pouco dados a transmitir a imagem, verdadeira diga-se, de um Brasil sentimental e devoto.

Bilhetes pré comprados na mão significa evitar uma fila que tinha com certeza horas e que deitaria por terra todo o esforço da Organização. Entrada no museu do Vaticano. Capela Sistina só no fim, até lá toda uma viagem por salas, salões, galerias, esculturas, quadros, tapeçarias, frescos. Uns com interesse outros nem tanto. Esplendoroso é com certeza, completo também, mas para quase todos não passa de um percurso, demasiado longo para muitos, até ao ansiado e arrebatador final. Monumental, fantástico, glorioso,… Chiiiiiiu! Silence! No photos!

Depois de tanta arte junta, um simples spaghetti seria percepcionado como uma estranha opção. A complexidade de um Gnocchi foi a opção. Saboroso por sinal, reconfortante no final.

“Salve, César!”. Chegámos! Imperial! Não há muito mais a dizer. Gladiadores, leões, lutas, mortes, milhares a assistir, são as imagens que chegam a uma velocidade incrível sem passarem por qualquer filtro. De volta à realidade.

A Organização está a cumprir. Próxima paragem: Piazza Navona. Capuccino, gelado e cervejas. Não se discutem valores, exerce-se um ritual.

“Ao fundo à esquerda.” Cá estão eles! Os três Caravaggio’s na igreja de San Luigi dei Francesi.

De mapa em riste, serpenteando ruas e mais ruas até chegar à Fontana di Trevi. Desta vez de dia e agora sim para cumprir a tradição e mandar a moeda.

Piazza di Spagna fica quase no final da rota de um dia repleto de caminhadas, de conversas, de olhares, de momentos, de pessoas, de muitas pessoas. A Via dei Condotti veste-se de gala para nos receber e abre-nos a porta para a eloquência, para o charme, para o glamour, para a extravagância.

Quase na hora do mais aguardado momento, afinal o motivo da viagem. Por puro acaso foi Roma que se perfilou como a melhor opção, maximizando a equação de hipóteses, mas poderia ter sido outra cidade qualquer, porque na realidade o objectivo era superior e transversal à localização.

Parco della Musica – Sala S. Cecília, destino final! Uau! Que espaço fabuloso! Stress! Não há fotos! Ups! A segurança não resiste! Há fotos!

Baixam as luzes de sala, entra o quarteto de cordas, fantástico diga-se, começa o espectáculo! Ela entra! Delírio. Paixão. Alívio (é mesmo ela!). Missão cumprida. Música.

Desfrutar. Imaginar. Pensar. Voar. Sonhar. Respirar. Ouvir. Sentir. Pressentir.

Pizza (what else?) para reconfortar a alma, ainda em estado eufórico.

Dormir.

D.


[..autocarro de Roma..que tinha como destino "Muse"!]

--

 

[..irmãs a caminho das compras..via dei Condotti..será?!]

--

 

[..ou será que iam aqui comprar umas malinhas?!]

--

[..e estes onde irão?!]

--

[Basilica S. Pietro]

--

[..fila, fila, fila....]

--

[Pietà do Vaticano de Michelangelo]

--

[Interior da Basilica S. Pietro]

--

[A Guarda Suiça e o seu tradicional uniforme]

--

[Museu do Vaticano|Comprem bilhetes antes de ir..a pequena diferença justifica as filas gigantes..]

--

[Num dos vários pátios interiores do Museu do Vaticano]

--

[Vista sobre a cidade de uma janela do Museu do Vaticano] 

--

[Torso Belvedere do escultor Apolónio|Museu do Vaticano] 

--

[Uuuaaauuuu...um dos tectos do longo percurso até à Capela Sistina] 

--

 [Os primeiros frescos começam a surgir nas grandiosas paredes das salas do Museu..e a expectativa sobre a Capeta Sistina a crescer!!] 

--

 [Chegada à Capela Sistina!! Sem palavras!!|Juízo Final de Michaelangelo|dimensões: 13,7mx12,2m, enorme!!|Agora não andem para aí a dizer que eu tirei umas fotozitas onde não devia!!.. ;) ..sempre sem flash, claro!!] 

--

 [Tecto da Capela Sistina!!] 

--

 [Última Ceia numa das paredes da Capela Sistina!!] 

--

[Ops...apanhada em flagrante delito por um segurança do Vaticano!!]

--

 [Escadas de Giuseppe Momo, numa das saídas do Museu do Vaticano]

--

 [Gnocchi com molho de tomate, mozzarela e manjericão, e um toque de parmesão..delicioso e merecido almoço!]

-- 

 [Coliseu, também conhecido por Anfiteatro Flaviano..em Roma - Colosseo]

--

 [Vista do Coliseu para o Arco di Constantino] 

--

 [Vista do Coliseu do exterior] 

--

 --

[Pausa na Piazza Navona] 

--

[Ao fundo à esquerda...na Igreja San Luigi dei Francesi]
--
[..um dos três famosos Caravaggio..são enormes!!..quando vemos nos livros e depois ao vivo fica-se impressionado!!]
--
[Hora de atirar a moedinha e pedir o desejo a Neptuno|Fontana di Trevi]
--
[A Piazza di Spagna continua repleta de gente!..incrível!!]
--
[E lá fomos nós pela Via dei Condotti..fomos até à Prada!..mas nem comprámos nada!]
--

..e a hora da verdade estava quase a chegar....
[E era mesmo verdade..lá estava o nome dela no painel do Parco della Musica!!]
--
[E com os bilhetes na mão, finalmente!..e depois de contrariar de forma clandestina os seguranças (maus!), lá entramos todos e a minha máquina fotográfica (ai!!) para a grande sala S. Cecília..e aguardamos pela chegada da nossa Tori!!]
--
[E lá estava ela!! Maravilhosa!!...e é mesmo verdade..nós os quatro diante dela pela segunda vez..Tori Hunters were back again!]
--
[Agora bem mais de perto!!]
--
[Tori, os Tori Hunters agradecem-te por mais um belíssimo concerto, e como diz o ditado, não há duas sem três!! Onde iremos daqui a dois anos?, não sabemos, mas vamos!! Até lá T.!!!]
--

publicado às 08:39


1 comentário

Sem imagem de perfil

De C.Moça a 12.10.2011 às 23:39

Isto sim é um diário de viagem. a leitura e as fotos levam-nos até roma. Também quero ir!!!!
Até ouço a tori a cantar (só 2 concertos? Eu já ouvi muitos... no computador da J.:)

Pelo que conheço dos mindericos, 3ª concerto? Lá vos espera!
Bj

Comentar:

CorretorEmoji

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.



Mais sobre mim

foto do autor


Mensagens

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.


Arquivo

  1. 2013
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2012
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2011
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2010
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2009
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D